O livro do Guiness já tinha um recorde de longa duração para um carro ficar driftando sem parar, numa rotatória. Ele pertencia a um Toyota GT86, que é basicamente um carro que nasceu pra isso. Mas um belo dia a BMW olhou pra esse recorde e pensou: eu quero ele pra mim! E pronto, colocou um M5 pra fazer o trabalho de rodar de lado sem parar.

O instrutor Johan Schwartz da BMW conseguiu a proeza de driftar por longos 374 quilômetros. Para se ter uma ideia, o recorde anterior era de 230 quilômetros. Mesmo considerando a pista molhada, é preciso manjar — e muito — de direção pra domar um M5 de 600 cv, vindos de um motor 4.4 biturbo V8.

Agora, se o recorde em si já deixa a notícia interessante, o que impressionou mesmo nessa façanha foi a solução que os caras deram para reabastecer o veículo durante a prova. A ideia de colocar um tanque adicional de combustível no carro aparentemente era convencional demais para a BMW, por isso eles foram longe…até a indústria aeroespacial pra ser exato. Eles bolaram um esquema de reabastecimento rápido à la avião militar, quando um se aproxima do outro e, por meio de uma mangueira em pleno ar, abastece a aeronave.

Foi este princípio que eles colocaram em prática, como mostra esse vídeo acima! Depois de desenvolver todos os equipamentos especialmente para isso (as bombas de combustível, o tanque, a mangueira, tudo!), eles conseguiram cumprir a tarefa de abastecer o M5 do recorde em segundos e, de quebra, faturaram outro recorde no Guiness: o de mais longo drift de dois veículos com pista molhada. Insano, não?