O Chevrolet Camaro recebeu o primeiro facelift da sexta geração lá nos Estados Unidos. Além do tapinha do visual do muscle car, ele ganhou novos equipamentos e uma versão feita para pistas que vai deixar os fãs do modelo à la meme bipolar do Chico Buarque. Você vai entender ao final da notícia.

Visualmente o carro mostra uma grade nova com uma silhueta diferente para os faróis, contornados por um novo padrão de DRL de LED. O desenho das rodas de 20” também mudou e as lanternas estão com um efeito 3D. Mas a principal notícia é que agora ele tem o mesmo câmbio automático de 10 marchas do Mustang, que foi desenvolvido em conjunto pela General Motors e Ford. A caixa está atrelada às versões V8 do Camaro.

Outros itens inéditos na gama do muscle car são a central multimídia de terceira geração, que promete ser a mais moderna da companhia em uso atualmente. As telas podem ser de 7” e 8”, com toda conectividade que tem direito (Android Auto e CarPlay). De tecnológico há também uma câmera que serve como retrovisor interno traseiro, mas a marca não divulgou foto ou vídeo disso.

Por fim, o que vai deixar você dividido é saber que a Chevrolet preparou uma versão inédita 1LE do Camaro dedicada para as pistas. Mas ela é… turbo. É, nada de ronco borbulhante pra levar o Camaro 1LE Turbo para um track day. Mas com 279 cv e 40,8 kgfm de torque dá pra se divertir bastante na pista, vai. Ainda mais considerando que essa versão tem barras estabilizadoras mais espessas, freios Brembo, distribuição de peso quase 50/50 e pneus 245/40 R20 na frente e 275/35 R20 atrás.

Ainda não há nenhuma previsão de quando essas novidades vão chegar ao Brasil, mas é provável que a gente continue trazendo só a versão SS V8 (já com as novidades da linha 2019 em algum momento no ano que vem).