A nova geração do Volkswagen Jetta mal chegou e os designers já começaram a coçar a cabeça imaginando uma versão mais esportiva do sedã, que agora é feito sobre a plataforma MQB, ou seja, tem muito mais potencial para ostentar um emblema GTI, por exemplo.

É o que o X-Tomi Design quer para o Jetta. Saca essa projeção que ele fez do sedã. Ele seguiu a receita que a gente vê no Golf, com a frente escurecida, delineada por um detalhe vermelho de farol a farol, para-choque maior e rodas de 19 polegadas, com pneus de perfil fino! O teto preto e a cor vermelha da carroceria dão um aspecto mais malvado para o carro.

Com esse visual novo do Jetta parece que o modelo aceita melhor uma preparação dessas (a grade hexagonal tá presente em vários carros esportivos por aí, chegando a estar até batida na indústria).

A Volkswagen vai ter uma versão GLI do Jetta, com motor 2.0 turbo de 210 cv, mas um GTI cairia muito bem no sedã, com direito a um motor ainda melhor, passando dos 220 cv, quem sabe?