A Lamborghini começou os testes da versão mais insana que o Aventador vai ganhar até agora: a Jota. Recuperando uma nomenclatura já usada no passado pela marca, o cupê pretende fazer bonito tanto na pista quanto fora dela e nós já estamos curiosos pra saber o quanto ele vai virar em Nürburgring onde foi flagrado pelo site Carscoops.

A fabricante italiana colocou mais pimenta no motor 6.5 V12 aspiradão que deve gerar algo perto dos 800 cv quando for revelado (uma evolução notável dos 740 cv regulares do modelo). O câmbio automatizado de uma embreagem provavelmente receberá atualizações também pra lidar melhor com a nova potência do cupê.

Mas o que deixa todo mundo mais ansioso, na verdade, é saber que a versão Jota do Aventador também vai ter o sistema aerodinâmico ativo da Lamborghini (ALA), tal qual o Huracan Performante (que virou aquele temporal de 6min52seg no inferno verde). Pra quem não se lembra, trata-se de um conjunto mais robusto com spoiler, difusores e asa equipados com flaps, borboletas e canalizações controlados eletronicamente para otimizar o fluxo de ar em frenagens, acelerações e até mesmo vetorizando o ar em curvas (ou seja, adotando padrões aerodinâmicos distintos entre os lados do carro).

Com o fôlego a mais e o ALA com certeza o Aventador SV Jota vai fazer jus ao seu nome, que já foi ostentado por Miura e Diablo no passado. A novidade chega até o final desse ano.