No final do ano passado, a FULLPOWER mostrou a homenagem que a McLaren fez para o nosso lendário Ayrton Senna quando lançou o superesportivo Senna, o mais novo modelo integrante da Ultimate Series da marca. Pra refrescar a memória de vocês, trata-se de um cupê insano homologado para as ruas, com motor 4.0 biturbo V8 de 800 cv e 81,6 kgfm de torque, acoplado ao câmbio de dupla embreagem de sete marchas. Além desses números, o que impressiona no Senna é sua plataforma de fibra de carbono, que o deixa com um peso levíssimo de meros 1.198 kg, o que resulta em incríveis 1,5 kg/cv.

Nesta quarta-feira (7), a McLaren divulgou as informações que estavam faltando a respeito do desempenho desse monstro das pistas. De acordo com a fabricante, o Senna é capaz de acelerar aos 100 km/h em apenas 2,8 segundos! Para chegar aos 200 km/h são precisos 6,8 segundos, cumprindo a prova do quarto de milha em 9,9 segundos, com velocidade máxima de 340 km/h. É ou não é uma insanidade?

Outras curiosidades do Senna são o sistema de exaustão, instalado a uma altura 18 cm mais baixa em relação a outros Super Series da marca. O carro é literalmente colado no chão. A asa de fibra de carbono tem sistema hidráulico de operação e pesa somente 4,87 kg, mas pode suportar até 100 vezes mais o seu peso em downforce.