O retorno do lendário Toyota Supra está cada vez mais perto. Nesta semana tá rolando o festival de velocidade de Goodwood, no Reino Unido, e vejam só vocês que uma das estrelas a subir a colina britânica foi justamente o icônico esportivo japonês!

Ainda sob forte camuflagem, a Toyota persiste em esconder o jogo do carro. É claro que já dá pra ter uma ideia muito mais clara do visual do cupê e pelo menos uma coisa podemos cravar: ele roda com motor de seis cilindros de três litros da BMW (lembra que ele compartilha plataforma com o novo BMW Z4?). Ninguém confirma, mas especulam que a potência do modelo que participou do evento em Goodwood tenha 339 cv e 54,2 kgfm de torque. Juntando com a informação que vazou no começo do ano (e que também não foi confirmada) de que o novo Supra pesa 1.496 kg, significaria que ele tem uma relação entre peso e potência de bons 4,4 kg/cv, com capacidade para acelerar até os 100 km/h em menos de 4 segundos.

A Toyota promete entregar um nível de desempenho digno de Porsche 911 ao novo Supra, mas com um custo-benefício mais atraente, uma vez que o japonês seria mais acessível que o rival alemão. O vídeo acima mostra um trechindo da subida dele em Goodwood, só o começo do trecho, mas que já deixa um sabor de querer ver mais do lendário esportivo nas ruas!

Quem também chamou muita atenção no festival foi o Nissan GT-R da Italdesign. O conceito que noticiamos há poucos dias se materializou nesta semana e realmente parece que o carro foi digitalizado na imagem que vocês vão ver aí embaixo, de tão “diferentão” que ele é. A produção do modelo seguiu à risca o design do papel, criando um Godzilla completamente distinto. Lembrando que suas credenciais são assinadas pela Nismo, pois ele conta com o motor 3.8 V6 todo trabalhado para extrair 720 cv a 7.100 rpm e 79 kgfm de torque entre 3.600 rpm e 5.600 rpm. O GT-R50, como se chama este conceito, pode ter uma produção limitada a apenas 50 unidades, ao preço de um milhão de dólares cada uma.