A Porsche está cada vez mais perto de revelar a próxima geração 992 dos icônico 911. Nesta semana, o site Carscoops flagrou um protótipo da versão conversível do cupê em testes e a julgar pela camuflagem um pouco mais leve, dá para notar as mudanças que o carro vai trazer.

A mais evidente delas é a adoção das lanternas contínuas atrás, tendência inaugurada com os 718. As duas lanternas são conectadas por um filete, provavelmente de LED, que dão um toque mais moderno para o cupê, além de contribuir para a sensação de maior largura do carro, uma vez que a atualização da plataforma MMB para esta geração dá direito a bitolas mais largas para o 911. As duas saídas de escapamento redondas parecem ser exclusividade da versão cabrio, já que outros 911 Turbo foram flagrados com quatro bocas aí. A frente do carro mantém a aparência clássica do carro, com mudanças mais drásticas no para-choque e nas duas entradas de ar.

Por dentro, o 911 deve receber alguma influência do novo Panamera, especialmente a central multimídia com tela maior e touchscreen posicionada no console central.

A imprensa gringa especula que o motor 3.8 boxer biturbo de 6 cilindros do 911 Turbo Cabrio vai render potência ao redor dos 610 cv, o que significaria que a versão S desse modelo pode chegar a 635 cv. Isso dá margem para esperarmos uma aceleração de 0 a 100 km/h em 3 segundos cravados ou até 2,9 segundos, considerando que o modelo atual, com seus 547 cv, cumpre essa prova em 3,1 segundos.

A próxima geração do Porsche 911 vai ser lançada somente no ano que vem!